Escolha uma Página

Toda organização, todo movimento social, começa com um sonho. O sonho,  ou visão, é a força que constrói o futuro. Os líderes enxergam além do horizonte do tempo e identificam as oportunidades que ali cintilam, possuem o desejo de fazer com que algo aconteça, de mudar o jeito das coisas, de criar algo novo.

Para atrair pessoas para sua visão, os líderes devem conhecer seus seguidores e falar a linguagem deles. As pessoas devem acreditar que os líderes compreendem suas necessidades e levam em conta seus interesses.

A liderança é um diálogo, não um monólogo.  É um esforço coletivo. Os líderes efetivos arregimentam o apoio e a colaboração de todas as pessoas que devem fazer com que o projeto funcione. Eles compreendem que a ponte para o outro é conhecer-se a si mesmos, seus valores e propósitos. Buscam passar tempo também consigo para melhor servir o outro,  a empresa e a comunidade.

A acentuada curva de inovações tecnológicas tão anunciada, as demandas das novas gerações irão demandar dos profissionais e, em especial, dos líderes duas características: habilidade de relacionar-se com os outros e criatividade.

Segundo Yuval Harari, o fator crucial para nossa conquista do mundo foi nossa capacidade de conectar muitos humanos uns com os outros. Hoje dominamos completamente o planeta não porque um indivíduo humano seja muito mais esperto ou mais ágil do que um indivíduo chimpanzé ou mesmo lobo, e sim porque o Homo sapiens é a única espécie na Terra capaz de uma cooperação flexível e em grande escala.

O ciclo de Oficinas de Liderança visa desenvolver as competências que permitem ao líder conhecer mais de si mesmo e neste profundo mergulho em temas como: propósito, condução de conversas difíceis, estratégias de influência tóxicas, assertividade, uso de perguntas no processo de articulação e conflitos, árvore de decisões, curva de transição entre tantos outros que instigam a reflexão para uma ação mais consciente e qualificada. Entre em contato para sabe mais.